sexta-feira, 28 de abril de 2017

Minha boca de elefante!!!

"Não saia da vossa boca nenhuma palavra que cause destruição, mas somente a que seja útil para a edificação, de acordo com a necessidade, a fim de que comunique graça aos que a ouvem." Efésios 4.29.




Cada vez mais eu aprendo que muitas vezes é melhor ficar calada do que falar alguma coisa. A minha boca grande parece que não se cansa de errar e sair da linha. Quando menos espero falo o que não precisaria falar, me arrependo, mas já é tarde. Continuo cometendo muitas bobagens por causa dessa minha boca de elefante. Lamento muito. Só me resta lamentar, continuar orando e pedindo que Deus me ajude nessa tarefa tão inglória de permanecer com a boca fechada, na maior parte do tempo. Ajuda, Senhor!!!

Foto: Pesquisa Google.

terça-feira, 25 de abril de 2017

Homem e mulher?



Quem é o homem? Quem é a mulher? Blaise Pascal, filósofo, teólogo, cientista francês, disse: “O homem é um amontoado de misérias e grandezas.” Concordo com Pascal. De fato e de verdade somos uns amontoados de misérias e grandezas. Somos capazes de fazer coisas que depois nos arrependemos, lamentamos; sem condições de voltar atrás. Mas, pela graça de Deus, também somos capazes de fazer coisas que alegram, edificam, tornam a vida melhor. A questão é quanto de miséria e quanto de grandeza nossa história revelará. Houve um rei em Israel que morreu sem deixar saudades; foi Jeorão. Sua história foi recheada de misérias: “Era da idade de trinta e dois anos quando começou a reinar, reinou oito anos em Jerusalém; e foi sem deixar de si saudades.” Podemos nos perguntar: quando morrermos seremos como Jeorão? Não deixaremos saudades? Sinceramente, espero que não. Sei, porém, que não haverá grandeza alguma em nós se não for pelo Espírito Santo. O homem e a mulher sem Deus é incapaz de qualquer ato de grandeza. Há em nós uma carnalidade miserável que precisa ser vencida pela graça de Deus e ação do Espírito Santo. Que a miséria seja minimizada e a grandeza maximizada em nós. Ajuda, Senhor!!

Foto: Pesquisa Google.

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Deus provê!?


 “E disse Abraão: Deus proverá .” Gênesis 22:8ª.



Um dos textos bíblicos que cresci ouvindo da mamãe, familiares e demais crentes foi Deus proverá. Palavra dita por Abrãao em um dos momentos mais críticos de sua vida, que carecia de muita fé para crer. Isso significava abandonar-se, corpo, alma e espírito nas mãos do Deus que ele cria. Oro, com toda a minha alma, para o Espírito Santo nos conceder a mesma fé. Ajuda, Senhor!!!

Soli Deo Glória!!!

Foto: Pesquisa Google.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Descanso!!!





Cansaço, enfado, desânimo, tristeza, solidão, desespero, são condições emocionais que a humanidade sofre constantemente. Tudo causado por diversas situações. A Bíblia, nos ensina desde o começo, que a presença de Deus possibilita uma vida de descanso. Não quer dizer que estaremos isentos de lutas, quer dizer que a intimidade com Deus, nos capacitará a uma vida melhor. O descanso já é uma promessa que Deus faz a Moisés, para a fuga do seu povo do Egito: “Irá a minha presença contigo para te fazer descansar.” (Êxodo 33:14). Interessante notarmos que Deus não disse: - A minha presença com você não te deixará ficar cansado. Disse que a sua presença o faria descansar. Se o faria descansar é porque precisaria de descanso. Ora, Deus sabe que o homem se cansa no dia a dia. É o trabalho, as relações humanas, os desejos não concretizados, muitas coisas, cooperam para o cansaço da humanidade. Porém, Deus tem a sua graça e benção sobre nós, nos fortalecendo, animando, encorajando, para seguirmos em frente. Sem a graça de Deus é impossível viver. Sua agradável e doce presença é real na vida daquele que crê. Deus não se faz presente onde há incredulidade. Sem fé, é impossível agradar a Deus. É muito fácil compreendermos essa verdade a partir de nós mesmos. Ficaríamos porventura na presença de quem nos rejeita? Óbvio que não. Crendo em Deus, temos a sua presença em nós, dando o descanso que precisamos. Jesus confirma a tese fazendo um convite ao homem: ”Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.” (Mateus 11:28). Para mim, um irrecusável convite de Jesus. A humanidade cansada, desanimada, ferida, oprimida, solitária, sem esperança, pode encontrar alívio para suas dores no Jesus Cristo de Nazaré, aquele que morreu, mas vive eternamente. É essa a verdade que comemoramos nesses dias na Páscoa. Uma verdade que alegra a nossa alma e nos faz aceitar o convite do Filho de Deus, que se fez homem, é o Emanuel, Deus presente que continua a nos convidar: -Vinde a mim! Respondamos sim a esse convite, levando até Ele, através de nossa oração, as nossas tristezas, desilusões, cansaços, preocupações, fadigas da alma, que cansa o nosso corpo abatido e a nossa alma cansada. Nele, encontramos alívio, força, renovo e tudo que precisamos para continuar a nossa jornada na Terra. Ajuda, Senhor!!!

Texto publicado hoje, 19.04.2017, no Jornal de Assis, Assis, SP.
Obrigada, Senhor!!!

Foto: Pesquisa Google.